admirável olá mundo novo

sim, este é o título do meu primeiro texto. e sim: é provavelmente o mais parvo de todos os títulos. quase bom, quase geek e dificilmente original. mesmo assim foi este que escolhi. diz muito sobre mim.

uma mão quase cheia de tempo

quando comecei a trabalhar pela segunda vez na minha vida achei que era uma boa ideia criar um portfólio. queria fazer sites e pareceu-me sensato. talvez evitar o mítico ditado da casa do ferreiro e o seu fantástico espeto de pau.

comprei um domínio. e durante muito tempo foi só o que existiu, à espera do portfólio.

serviu para algumas experiências. um dia criei um blog, usei o wordpress [ainda uso]. escrevi nele durante uns meses até deixar de me servir. deixei-o para morrer.

agora talvez um pouco mais?

este é o meu site, vai ter aquilo que os sites têm: textos, fotografias e vídeos sobre o que me apetecer. e experiências.

gostava de escrever sobre web design, sobre aquelas coisas que não consigo explicar a falar. [ninguém garante que o vá conseguir a escrever. que este texto seja prova de alguma coisa.]

também: a quem raio é que isto vai interessar? quase ninguém, talvez dois ou três amigos. ninguém. mas i’m ok with that.

blue beanie day 2009

blue beanie

blue beanie

este site está longe de estar completo. faltam construir duas áreas e também não faltam erros, bugs e outros amigos desse género. nada que não se vá resolvendo.

mas era importante publicá-lo — algum dia teria de ser — não podia adiar mais ou quase certo era ir tudo parar ao lixo. estou a pensar escrever sobre o processo. daqui a uns tempos, não sustenham a respiração.

hoje, 30 de novembro, é 3º dia internacional do blue beanie, só conhecido por quem tem aquele tipo de vida deprimente que só se compara à de um eunuco. isto sou eu a chegar-me à frente. passo número um.

está feito.